setembro 24, 2013

Facebook: Nem todos são seus amigos

Embora nosso espaço seja destinado para a jovem guarda, seus ídolos, os anos 60, etc, este post é um alerta para você ter certos cuidados com suas publicações no Facebook. Verificar suas configurações de privacidade pode ajudar, mas não impedir alguns problemas.

Fotos comprometedoras, barracos, etc,  o Facebook se tornou palco para todo tipo de comportamento. “Venho por meio desta informar que Fulana de Tal é uma vagabunda.” Essa frase, além de abominável, é só um exemplo dos ataques e desabafos que ocorrem todos os dias no ambiente virtual. De acordo com o coordenador da unidade de psicologia da Universidade do Estado de São Paulo, Cláudio Edward dos Reis, no passado havia a ideia de que só a mulher fazia fofoca ou gostava de dar escândalos em público. “Isso, porém, era machismo da época. Todos estão sujeitos a exagerar”, diz. Prova disso é que, mesmo após somente 106 palavras desta reportagem, possivelmente você já se lembrou de algum primo, um amigo, um colega de trabalho ou talvez até o seu chefe perdendo a mão quando o assunto é privacidade na internet.

“Os homens ainda são mais eufóricos e sensíveis do que as mulheres na hora de extravasar as emoções”, diz o coordenador do grupo de dependências tecnológicas do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo, Cristiano Nabuco. Ele explica que, por uma questão histórica, os homens sempre foram condicionados a reprimir aquilo que sentem. Com o fenômeno das redes sociais e a possibilidade de falar sem um interlocutor imediato, a exposição acaba tomando novas proporções.


“Quem desabafa no Facebook, por exemplo, não sabe o alcance do que está falando”, diz Nabuco. Isso porque tendemos a acreditar que só nossos amigos próximos irão ver a mensagem, seja ela qual for. “Nem todos os nossos conhecidos da rede social são nossos amigos de verdade. O Facebook seria a virtualização da praça da cidade, onde as pessoas gritam para serem ouvidas e clamam por justiça”, completa o especialista.

O Brasil é o segundo país com o maior número de perfis do site, com mais de 66 milhões de usuários, quase 30% de toda a população ou 84% dos internautas brasileiros – perdemos apenas para os Estados Unidos, com 167 milhões. De acordo com o instituto SocialBakers, que analisa esses dados, só no ano passado o Brasil teve um crescimento de 30 milhões de usuários, 8 milhões a mais do que a Índia, ficando em primeiro lugar na quantidade de novos membros. E, mesmo com o crescimento desses números, a rede social é um fenômeno novo na sociedade.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates