março 31, 2013

" Elvis no céu e Erasmo na terra ! "



Este post é da nossa leitora Sandra, ela fez um comentário em uma matéria sobre Erasmo Carlos, pedi a permissão dela para publicar o texto do post abaixo. Nossos agradecimentos a você Sandra.


A Sandra assina como: Teacher Sandra o endereço de seu blog é: http://gafepoetica.blogspot.com.br/



"Descobrir" a obra inteira de Erasmo foi show de bola. E deu-se em duas fases: em 1984 descobri que ele fazia rock'n"roll. Passei um tempo sem ter contato com música, sem poder pesquisar.

Em 2006 fui atrás do restante e, surpresa, vi que ele fez muitos rocks setentistas que nunca ouvi nas rádios (maravilhosos) e muita música romântica, linda, que ainda não está tocando.
Penso em fazer um trabalho acadêmico sobre as letras dele um dia.

No momento, curso o mestrado em Patrimônio Cultural e Sociedade e minha proposta é analisar a obra de um escritor aqui de Joinville,SC, contudo, num doutorado, penso em desenvolver algo sobre a obra do Erasmo. Percebo que ele é reconhecido e aclamado pela crítica, pelo seu público mas ainda não teve o devido reconhecimento acadêmico o que considero uma vergonha, principalmente para as universidades cariocas que já deveriam tê-lo feito.
... mas somos um país sem memória e que, só muito recentemente, começamos a pensar em preservar nossos acervos e recontar nossa história cultural às novas gerações.

 Penso que a obra de Erasmo carece de um registro mais "oficial".

As letras são belíssimas, de muito bom gosto. Quanta injustiça quando tacharam a ele e a Roberto de fazer música de motel. Escolheram falar de amor quando a moda era cantar música de protesto. Tudo tem seu valor. Eu era tão nova e tão inculta que algumas letras do Chico Buarque só fizeram sentido pra mim anos mais tarde (sempre faísca atrasada..rs). Fui fruto da educação dos anos 70; não se ensinava ninguém a pensar, refletir... então não havia como compreender o que cantavam. Somente na década de 80, no movimento pelas diretas é que as letras passaram a ser melhor compreendidas por mim... e me indignei com a situação que o país vivia, com a falta de liberdade de expressão.

Enfim, pra quem nasceu em 62 penso que já vi bastante coisa. Também gosto da música gaúcha que toca aqui por todo o sul, argentina, mato grosso, uruguai e paraguay (chamamés, xótes, vaneirões). Não teria como ser diferente; afinal, nasci aqui.


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates