julho 23, 2012

A Jovem Guarda e seu início


A Jovem Guarda foi um movimento cultural brasileiro, surgido em meados da década de 1960, que mesclava música, comportamento e moda.

Surgida em agosto de 1965, a partir de um programa televisivo exibido pela TV Record, em São Paulo, apresentado pelo cantor e compositor Roberto Carlos, conjuntamente com o também cantor e compositor Erasmo Carlos e da cantora Wanderléa, a Jovem Guarda deu origem a toda uma nova linguagem musical e comportamental no Brasil. Sua alegria e descontração transformaram-na em um dos maiores fenômenos nacionais do século XX.

Sua principal influência era o rock and roll do final da década de 1950 e início dos 1960,[2] Grande parte de suas letras tinham temáticas amorosas, adolescentes e açucaradas - algumas das quais, versões de hits do rock britânico e norte-americanos da época.

Por essa inspiração, a Jovem Guarda tornou-se o primeiro movimento musical no país que pôs a música brasileira em sintonia com o fenômeno internacional do rock da época, catalisado especialmente pelos Beatles.

Além de Roberto, Erasmo e Wanderléa, destacaram-se no movimento artistas como Ronnie Von, Eduardo Araújo, George Freedman, Wanderley Cardoso, Sérgio Reis, Sérgio Murilo, Jerry Adriani, Evinha, Martinha, Lafayette, Vanusa, além de bandas como Golden Boys, Renato e Seus Blue Caps, Lafayette e seu conjunto, Deny e Dino, Trio Esperança, Os Incríveis, Os Vips e The Fevers.

Fenômeno midiático que arrastou multidões, também designado como iê-iê-iê, em alusão direta à musica dos Beatles, a Jovem Guarda era vista com restrições por setores da crítica, uma vez que sua música era considerada alienada pelo público engajado, mais afeito, primeiro à bossa nova e, depois, às canções de protesto dos festivais.

Vídeo

Quem viveu os anos 60 deve se lembrar da febre provocada pelo programa Jovem Guarda, exibido pela TV Record, na juventude brasileira. Neste vídeo, exibido por ocasião dos festejos relativos aos 50 anos de televisão no Brasil e aos 35 anos da Rede Globo, o cantor e compositor Carlinhos Brown mostra cenas e fala sobre o movimento musical liderado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa.

O vídeo também apresenta trechos de canções interpretadas por Ronnie Von, Martinha, Golden Boys e Wanderléa. No final, um bloco especial apresentado por Xuxa traz Roberto Carlos cantando Jovens Tardes de Domingo e Emoções, além de um trecho de Ligia, com Tom Jobim.







0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates