novembro 28, 2012

Ele é Rei, é o cara, e não tem conversa !


Aliás, Rei é rei o resto é súdito. No Brasil temos dois reis. Pelé o Rei do Futebol  e Roberto Carlos  que no inicio era apenas o Rei da Jovem Guarda e com o envelhecimento da Jovem Guarda passou a ser o Rei de todos os brasileiros.

Só pra você sentir o quanto o reinado do Roberto Carlos é poderoso, basta lembrar que há muito tempo ele não lançava disco e de repente, surge com um CD com apenas quatro músicas.

No tempo que ele era apenas o Rei da Jovem Guarda um disco (de vinil) com apenas quatro músicas, era chamado de “Compacto Duplo”.

Pois esse Cedezinho que acho que é o primeiro com apenas quatro músicas, lançado comercialmente no Brasil, está batendo todos os atuais recordes brasileiros de vendagem e de divulgação em rádios e outros meios de comunicação.
 
O CD com as quatro músicas já vendeu mais de HUM MILHÃO de cópias em menos de um mês do seu lançamento. Tudo por conta a música “Esse Cara Sou Eu”.
 
Pois é, tudo porque Roberto Carlos canta em suas canções, o verdadeiro romantismo, canta o amor puro coisa que os demais cantores brasileiros não fazem.
   
Sem coreografias sensuais, sem apelo sexual, fato constante nas letras do chamado “Sertanejo Universitário”
 
Onde só escutamos os teretete, vem que te pego, assim você me mata, e os tchum. Tudo insinuando ou convidado a ótima prática do ato sexual, mas, que não contribuiu em nada para a formação moral da juventude, muito pelo contrário, incentiva as “cachaçadas” e as “baladas” onde o consumo de droga é o que mais rola. Apesar de suas letras instigarem ou serem um convite a se praticar sexo, o que mais se nota são os jovens primeiro se acabando nas drogas o que casa muito bem com o refrão das músicas: Aí se eu te pego; Assim você me mata... E vai matar mesmo!
 
Roberto Carlos chegou dizendo que é o cara, fazendo confissões de amor à mulher amada e pronto, o Brasil todo aderiu a onda. Aliás, o brasileiro está redescobrindo o amor verdadeiro, o amor que conquista a mulher através do romantismo, das declarações poéticas.
   
A Globo de algum tempo pra cá vem tentando mostrar ao público noveleiro, que temos músicas de boa qualidade, não deu certo. Até que na novela passada resolveu colocar na trilha as músicas de consumo.
   
Aí de repente a Glória Perez autora da novela “Salve Jorge” solicita uma música ao Rei Roberto Carlos e ele compõe “Esse Cara Sou Eu”
 
O cara que pensa em você toda hora/Que conta os segundos se você demora/Que está todo o tempo querendo te ver/Porque já não sabe ficar sem você/E no meio da noite te chama/Pra dizer que te ama/Esse cara sou eu. 
   
O cara que pega você pelo braço/Esbarra em quem for que interrompa seus passos/Está do seu lado pro que der e vier/O herói esperado por toda mulher/Por você ele encara o perigo/Seu melhor amigo//Esse cara sou eu... 
 
O CD conta ainda com mais três música, “Furduncio” que também está na novela “A Mulher Que Eu Amo” e “A Volta”
   
Esperamos que depois desse sucesso de venda, As gravadoras distribuidoras de disco, voltem a valorizar a música menos apelativa.

Pois é, as canções da jovem guarda ainda se fazem presentes com as composições do Roberto, uma época em que se enaltecia a mulher amada, se falava de amor, um movimento que quem viveu jamais esquece.

Ah, você não conheceu a jovem guarda ?, que pena.





Um comentário:

  1. Rei nem aqui na china, não passa de uma múmia seca, que graças ao Erasmo Carlos fez sucesso, pq se não, passaria bem batido e ainda com uma música de encher o saco

    ResponderExcluir

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates