novembro 19, 2012

Os Carbonos: 'Especialistas na reprodução de sucessos internacionais nos anos 60'



Grupo vocal e instrumental de rock formado no início da década de 1960, em São Paulo (SP).


O nome "Os Carbonos" tem impacto instantâneo na memória de muitos que vivenciaram a Jovem Guarda e o cenário musical brasileiro desde a década de 60, pois intitula uma banda natural de São Paulo/SP que obteve imensa fama, inicialmente pela especialidade inovadora na reprodução fiel de sucessos estrangeiros numa época onde as produções internacionais podiam demorar anos para chegar no Brasil, termo este hoje popularizado como "covers".

Tendo a sua formação mais aclamada integrada pelos músicos Mário Bruno Carezzato (piano, teclado e vocal), Umberto Carezzato Sobrinho (baixo e vocal), Raul Carezzato Sobrinho (vocal), Ricardo Fernandes de Moraes (guitarra) e Antônio Carlos de Abreu (bateria), os Carbonos também ficaram conhecidos como banda que acompanhou inúmeros artistas aclamados da nossa música nos palcos e em estúdio.

Com uma extensa formação musical, os irmãos Mário Bruno, Umberto e Raul, sendo os dois últimos gêmeos, tiveram contato com a musica e com o meio musical profissional desde muito cedo. Filhos de Mario Carezzato, acordeonista e pianista, e sobrinhos dos Trigêmeos Vocalistas, grupo vocal que nas décadas de 40 e 50 era atração principal e constante no Cassino da Urca (Rio de Janeiro/RJ) e na Radio Nacional e alcançou expressão internacional se apresentando na América do Norte e Europa, os irmãos Carezzato começaram a formação musical logo na infância.

Nascida no ano de 1964, a banda se apresentou inicialmente usando o nome "The Witchcraft", mas não tardou para que fosse rebatizada como "Os Quentes".

O primeiro registro veio em 1966, quando, sob a produção do famoso jornalista e radialista Carlos Alberto Lopes "Sossego", os jovens gravaram e lançaram um compacto pelo selo Mocambo/Rozenblit.

CARLOS ALBERTO LOPES "Sossego"

Sucesso instantâneo, o material logo despertou o interesse da gravadora Beverly e gerou uma nova e definitiva mudança no nome, "Os Carbonos". Mas ela não ocorreu por acaso, sendo referência direta ao elemento químico Carbono, principal constituinte de toda a vida animal e vegetal, assim como do petróleo, matéria prima dos famosos discos de vinil.

Além dessa referência há o fato de que o elemento Carbono tem o número atômico seis, valor este que inicialmente representava a quantidade de músicos que integravam a banda. Ainda, por outra ótica, o nome também fazia um divertido trocadilho com o papel carbono, usado para fazer copias, uma referência tanto à aparência semelhante dos irmãos Beto e Raul como à opção e especialidade da banda em fazer versões idênticas de sucessos internacionais.

De fato, não existia nome mais adequado para a primeira banda de covers que o Brasil conheceu.
Em 1968 ocorreu o lançamento do LP "As 12 Mais da Juventude", pela Beverly, material este que logo se tornou uma febre e um dos mais vendidos e aclamados álbuns da carreira dos Carbonos.


Ao longo da década de 70 gravaram e lançaram diversos LPs, entre eles, "Seleção de Ouro", "Dez Super Sucessos" e "As 12 Mais da Juventude - Volume Dois" - todos pela Beverly. Além dos tantos registros sob a marca "Os Carbonos", com o intuito de evitar rotulações fizeram diversos trabalhos usando outros nomes, apresentando-se como Andróides, The Mackenzie Group, The Royal Band, Carbono 14 e The Magnetic Sounds. Com esse último nome gravaram a série de álbuns intitulada "Super Erótica", um recorde de vendagem.


Foram muitos os discos de ouro conquistados nessa linha musical que desde o início abrangeu desde Música Clássica até o Rock mais pesado, passando por toda a variedade da música Brasileira. Desta forma os Carbonos tiveram, pela própria proposta de trabalho, a chance de pesquisar sonoridades, estilos e estéticas musicais diferentes, aliando virtuosismo, querência e bom gosto, e extraindo do equipamento e das técnicas de gravação sempre o máximo que eles podiam oferecer. Uma constante busca pela perfeição.


Hoje


Os Carbonos continuam na ativa como musicos, maestros e produtores musicais oferecendo seus serviços em sua própria produtora chamada "Carbonos Studio" Carbonos Estudio

http://estudiocarbonos.com/index.php








Um comentário:

  1. Gostaria de vê-los se apresentado na televisão tocando seus grandes sucessos que, marcaram muito a minha vida.Sou baterista e me inspirei muito em vocês.Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates