outubro 24, 2012

O ié-ié-ié substitui a bossa nova

Roberto Carlos o o líder do movimento jovem guarda

O «ié-ié-ié», entenda-se jovem guarda, começou a substituir a bossa, descobrindo-se àquela altura que a nova manifestação musical já possuía grande prestígio entre os adolescentes.Realmente, a «bossa nova» não se preocupara em atingir o mundo dos adolescentes que,no Brasil, constitui uma parcela considerável da população.

João Gilberto um ídolo da bossa nova

Gênero muito elaborado,não só na própria música como na letra, a «bossa nova» ficava acima da compreensão dos adolescentes que desejavam apenas um ritmo alegre. As questões sociais não estavam em suas cogitações.O «ié-ié-ié», enfim, os satisfez por ser uma música muito mais simples e alegre, capaz de provocar, inclusive, movimentos físicos e utilizar o seu excesso de energias.
A própria letra, que se permanecesse no original funcionaria sempre como um obstáculo auma maior adesão, não chegou a causar dificuldades. Além das simples versões, foramfeitas composições nacionais que chegaram a ter mais êxito que as importadas.

Fugindo das letras intelectualizadas da bossa, os novos autores desenvolveram temas encontrados em revistas infantis, com cuja leitura estavam acostumados.

A simplicidadedas letras, pràticamente sem conteúdo, agradou aos adolescentes também familiarizados com os personagens das revistas infantis, ao mesmo tempo que atingiu o interesse das próprias crianças.


O aparecimento de Roberto Carlos, logo transformado em ídolo, imprimiu um tremendo impulso ao movimento, conquistando jovens, adultos e velhos para o «ié-ié-ié». Da ligação do cantor com uma empresa de propaganda, resultou, também, um lucrativo empreendimento comercial que movimenta uma série de produtos subsidiários de seu sucesso.Ao contrário do que ocorria com a bossa, os aficionados do «ié-ié-ié» escolheram Roberto Carlos como a personificação da nova manifestação musical, ao mesmo tempo,que o transformaram no seu líder e modelo, procurando imitá-lo, buscando de todos os modos uma identificação com ele.

Diferenciando-se mais ainda da bossa que não se preocupara em criar novos tipos de indumentária, o «ié-ié-ié» introduziu algumas inovações, além de adotar o cabelo comprido como a nota marcante do movimento e alguns «slogans».






Fonte: Livro Relelião Romântica Jovem Guarda - Rui Martins

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates