outubro 16, 2013

Lei Roberto Carlos: biografia é proibido...mas se pagar pode !


Roberto Carlos e seus amigos, não vou citar todos, Caetano Veloso, Chico Buarque e outros, e com a liderança de Paula Lavigne fundaram a tal 'Associação Procure Saber', o que eles querem ?, proibir as biografias. Na verdade essa conversa toda é que eles querem grana, bufunfa, já estão ricos e graças ao suado dinheirinho do povo brasileiro.

Eram todos pobres (menos o Chico Buarque), ficaram ricos, principalmente Roberto Carlos, são figuras públicas famosas e graças a isso levam um vidão, iates, muita grana, acordam a hora que bem entender e tudo mais.

Mas a tal liberdade de expressão eles querem que se lixe, ou paga ou é proibido falar (escrever) sobre a vida deles, deve ser o medo dos podres que podem vir ao conhecimento do povão, mas pagando eles liberam.

Segundo o artigo 20 do Código Civil, é preciso ter a autorização do biografado ou de seus parentes, caso ele já tenha morrido. Corre no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação proposta pela Associação Nacional de Editores de Livro (Anef), prevendo a publicação sem autorização do biografado, coerente com a liberdade de expressão garantida constitucionalmente. A iniciativa dos editores partiu depois que, por uma decisão judicial, todos os exemplares de “Roberto Carlos em Detalhes”, livro de Paulo Cesar Araújo em 2006, tiveram que ser recolhidos a pedido do cantor.


(Foi Roberto, lembre-se, que conseguiu em 2006 a interdição da biografia Roberto Carlos em Detalhes, escrita pelo historiador Paulo Cesar de Araújo, usando o prejuízo financeiro como um dos motes principais da ação judicial proibitória.)

Se fôssemos um país desenvolvido, o juiz a quem cabia decidir sobre a ação movida por Roberto Carlos contra seu biógrafo Paulo Cesar de Araújo não teria pedido autógrafo ao Rei durante a sessão. Se fôssemos um país desenvolvido, a editora que publicou o livro não teria sido covarde e feito um acordo com o cantor – contra o seu autor e seu próprio patrimônio. Se fôssemos um país desenvolvido, Roberto Carlos não teria o direito de receber todos os exemplares e dar a eles o destino que lhe aprouver, inclusive queimá-los à maneira nazista.

Não são direitos, princípios ou intenções nobres que movem a chamada “Procure Saber”. Apenas o vil metal,grana, bufunfa !




0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos dar o prazer da sua visita.
Seu comentario será publicado depois de moderado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates